MCCQE2 – Compreendendo como é a última etapa da revalidação do diploma médico no Canadá

MCCQE2

Continuando com nossos posts sobre as etapas de revalidação do diploma, hoje falaremos sobre a última prova necessária para aqueles que desejam obter a licença do MCC (LMCC).

O MCC Qualifying Examination Part 2 (MCCQE2) é uma prova com duração de 2 dias (durante um fim de semana), e consiste em uma série de 13 estações onde o candidato é avaliado em relação a conhecimento, habilidades e atitudes nas áreas de clínica geral, pediatria, ginecologia e obstetrícia, medicina preventiva e saúde da comunidade, psiquiatria e cirurgia. Assim como em todas as outras provas do MCC, questões relacionadas a uma estação não serão contabilizadas, mas o candidato não saberá qual estação não pontua.

Em cada estação, uma situação clínica é apresentada por escrito ao candidato, que em seguida é direcionado a examinar o paciente (ator), bem como a realizar algumas atividades como:

  • obter uma anamnese direcionada
  • conduzir um exame físico direcionado
  • acessar e direcionar as questões do paciente
  • responder a questões específicas relacionadas ao paciente
  • aconselhar o paciente
  • interpretar radiografias e outros exames
  • fazer um diagnóstico
  • escrever pedidos de admissão

Exemplo:

exemplo questao MCCQE2 Fonte: http://mcc.ca/examinations/mccqe-part-ii/exam-day/

No sábado, cada estação tem duração de 10 minutos. Será dado ao candidato dois minutos para ler as instruções fixadas na porta da estação. Após dois minutos soará um sinal que indicará o momento que o candidato deverá entrar na sala. Uma vez dentro do local, o candidato terá 10 minutos para completar suas tarefas. Após 9 minutos, tocará um sinal; um segundo sinal tocará ao fim dos 10 minutos, e o candidato deverá se retirar da sala.

No domingo, a prova consiste em estações pareadas de 6 minutos cada, uma delas apresentando um encontro clínico e a outra com questionamentos.  Haverá instruções afixadas na porta da estação, e o candidato terá 2 minutos para ler antes de soar o sinal indicando o momento de entrar na sala. Após cinco minutos soará o alarme, e no 6º minuto mais uma vez o alarme será tocado indicando o final daquela estação. Em alguns casos, as estações pareadas poderão ser substituídas por uma única estação com duração de 14 minutos.

Em estações com questões orais, o examinador irá fazer uma a três perguntas após o primeiro sinal. Nessas estações, o candidato não pode voltar a interagir com o paciente após o sinal ter sido tocado. Depois que o último sinal tocar, indicando o fim daquela estação, o candidato deve se retirar da sala e ir para a próxima estação.

Você pode checar o site do MCC para mais explicações sobre os tipos de estações: http://mcc.ca/examinations/mccqe-part-ii/exam-preparation-resources/

Dica importante: no site do MCC eles dizem que exames ginecológicos e retais não devem ser realizados na prova. Mas se o candidato acha necessário esse tipo de exame, ele deve sinalizar ao examinador. Se houver informações relevantes relacionadas ao exame ginecológico ou retal, o examinador te dará essas informações.

De acordo com a última atualização realizada em 2015, a nota do MCCQE2 varia entre 50 e 950, com mediana de 500 e desvio padrão de 100. Por essa escala é considerado aprovado o candidato que obtém nota maior ou igual a 509. Provavelmente essa nota de corte irá mudar em 2018.

Os pré-requisitos para a realização do MCCQE2 são:

  • ter a origem do seu diploma médico verificado pelo MCC através do portal do Physicians Apply
  • ter sido aprovado no MCCQE1
  • ter completado no mínimo 12 meses de pós graduação em treinamento médico ou osteopatia.

Atenção! Fellowships, Clerkships, Observerships e treinamentos em pesquisa NÃO são válidos como pré-requisitos. Mas aqui vem uma boa notícia! Se você fez uma residência médica no Brasil, ou se você fez pelo menos um ano de internato obrigatório no Brasil, eles são válidos pra você se inscrever no MCCQE2. Você precisa enviar seu certificado/diploma de residência médica ou um certificado que realizou o internato por pelo menos um ano pro Physicians Apply e criar um SRV pra esse documento. Esse certificado deve ser acompanhado de uma carta oficial que atesta a data de início e de término do seu treinamento, bem como o programa das disciplinas/rodízios. Isso quer dizer que você pode fazer todas essas provas sem ter feito residência médica no Canadá e até mesmo sem ter o visto de residente permanente. Só tem um detalhe: a licença do MCC (LMCC) não te dá direito a atuar como médico. Quem dá a autorização para você praticar a medicina é o College of Physicians and Surgeons (CPS) de cada província (equivale ao nosso CRM). Mas normalmente os CPS requerem a LMCC para ter dar a licença deles. Portanto, para aqueles que desejam obter licença para a prática clínica independente, são necessários o MCCEE, o MCCQE1 e o MCCQE2.

Para se inscrever no MCCQE2, você deve adicionar seu nome em uma pré-lista disponível na plataforma do Physicians Apply durante um período específico de pré-inscrições. Você só consegue colocar seu nome nessa lista após ter sido aprovado no MCCQE1. Se você deseja fazer a prova na primavera, deve colocar seu nome na pré-lista entre outubro e novembro do ano anterior; se deseja fazer no outono, a pré-inscrição ocorre entre dezembro e janeiro.

Os candidatos interessados em fazer essa prova fazem essa pré-inscrição e o MCC realiza um sorteio aleatório dos candidatos que estão no 2º ano de residência ou acima. Após ser selecionado, o candidato recebe um convite para aplicar para a prova. No site do MCC, eles dizem que tem vagas suficientes para todos os candidatos que desejam fazer a prova na primavera de 2017. Espero que em todas sejam assim também.

Candidatos que estejam cursando o 1º ano de residência e que já tenham sido aprovados no MCCQE1 também podem se inscrever nessa pré-lista. Se todos os residentes do 2º ano pra cima que se candidataram pra fazer a prova forem chamados e mesmo assim sobrar vagas, candidatos do 1º ano são convocados aleatoriamente para fazer, até completar o número total de vagas disponíveis.

Atualmente, a taxa de inscrição no MCCQE2 custa 2.470 dólares canadenses.

Como eu falei anteriormente, apesar da licença do MCC não te dar autorização para atuar na prática clínica independente, ela é necessária para o CPS te dar essa autorização. Então se você sonha em ser médico no Canadá e ter seu próprio consultório, não tem como escapar. Tem que estudar muito, preparar o bolso e fazer todas essas provas. O trabalho é árduo, mas não desista! Foque no seu sonho!

Fonte: http://mcc.ca/examinations/mccqe-part-ii/

Um comentário em “MCCQE2 – Compreendendo como é a última etapa da revalidação do diploma médico no Canadá

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: