Informações básicas para quem deseja atuar como médico no Canadá

Tenho pesquisado bastante sobre as opções de como ir pro Canadá e gostaria de iniciar o blog compartilhando algumas informações com vocês.

A primeira pergunta que você deve se fazer é a seguinte: você quer imigrar pro Canadá ou você quer ser médico no Canadá? Num primeiro momento você pode não ver diferença nessas duas coisas, mas são duas opções diferentes sim. Porque se você quer ser médico no Canadá suas opções são um pouco mais limitadas e todo o processo será mais longo e difícil. Mas se o seu desejo é imigrar para o Canadá, talvez para isso seja necessário se afastar da prática médica por algum tempo; por outro lado te dá mais opções.

Independente do seu objetivo principal, uma coisa é fundamental: comece pelo inglês!!! Estude, e muito! O primeiro passo para você ir pro Canadá, atuando como médico, será fazer uma prova de proficiência da língua inglesa. Normalmente pedem ou o TOEFL IBT ou o IELTS Academic. Então vá se preparando. Faça cursos, estude por conta própria, mas foque no inglês (ou no francês, caso vc opte por ir pras províncias de língua francesa). O ideal é ter no mínimo 7 em cada componente do IELTS (do TOEFL eu não sei dizer agora, mas vou procurar saber).

Enquanto você se prepara pro inglês pode ir estudando as opções de ida pra lá. E é aí que voltamos praquela pergunta: qual o seu objetivo principal???

1)Seu objetivo é ser médico no Canadá.

Você tem visto de residente permanente?

Sim – então sugiro a revalidação do diploma (explicarei no próximo post como funciona) e a aplicação para uma vaga de residência médica. A maior parte das vagas pra imigrantes se concentra em medicina de família. Existem pra outras especialidades também, mas são poucas vagas e muito concorridas. Lembrando que não são só os brasileiros que querem ir morar no Canadá…para maiores informações de uma olhada no site http://www.carms.ca 

Não – sem o visto de residente permanente você não consegue aplicar pra residência médica. Você pode até revalidar seu diploma. Mas não dá pra fazer a residência. Uma opção é tentar um Clinical Fellow (não precisa do diploma revalidado). Normalmente os hospitais abrem as inscrições no final do ano, geralmente o deadline é em janeiro ou fevereiro, para os alunos iniciarem o programa de Fellow em julho ou setembro do ano seguinte. Ex: caso vc tenha aplicado agora no inicio de 2017 é pra iniciar só em 2018. Nem todos são assim, claro. Mas os que eu pesquisei eram. Então essa é uma estratégia em médio prazo, eu diria. Você tem que se organizar bem.  Para os Clinical Fellows os hospitais costumam pedir que o aluno tenha licença do College of Physicians and Surgeons (equivalente ao Conselho Regional de Medicina) da Província onde vai atuar. Dado importante: durante o Fellow você só tem licença pra atuar naquele hospital onde você está vinculado. E não há nenhuma garantia que você vá ser contratado para continuar no Hospital depois do término da especialização. Muitos conseguem ficar, virar professor ou até mesmo continuar clinicando. Mas isso depende muito do seu desempenho e o quanto eles querem que você continue por lá. Então se essa for sua opção, faça uma boa rede de contatos. Alguns Clinical Fellows oferecem bolsas, outros não.

2)Seu objetivo é imigrar para o Canadá.

Aí dá pra ampliar o leque… se você quer imigrar eu parto do pressuposto que você ainda não tem o PR, mas está doido para consegui-lo. Sendo assim, você topa qualquer coisa, inclusive não clinicar dentro dos próximos 2-3 anos…. Vou listar algumas opções para quem quer ir pro Canadá e de lambuja conseguir mais pontos pro express entry (e se deus quiser mais pra frente revalidar o diploma e refazer a residência no Canadá):

– College –> existem algumas opções de cursos de 1 ou 2 anos de duração que você pode fazer pra já poder ir pro Canadá e de quebra conseguir pontos pro express entry. Obviamente não tem nada pra médico especificamente. Mas tem opções como paramédico, técnicos de radiologia (ultrassonografia, RNM), e outros. Isso depende da sua área de atuação no Brasil. Sugiro entrar nos sites dos Colleges e pesquisar os cursos de A-Z e ver se você se interessa por algum. Tem coisas que nem imaginamos! Exemplo: curso de 2 anos em Canadian Health Care for Foreign Trained Professionals, feito para alunos internacionais, no Mohawk College (Hamilton, ON).  Justamente pra ajudar médicos que querem imigrar. Para alunos internacionais esses cursos custam em média uns 15 mil CAD por ano… então preparem os bolsos!

Importante: para efeitos de imigração (leia-se pontos no express entry), só são válidos colleges públicos – só jogar no wikipedia que vcs acham a lista de colleges públicos de cada província.

– Mestrado e Doutorado –> É uma excelente opção! Os programas de mestrado e doutorado são pagos no Canadá, mas pelo que pesquisei são mais baratos que um College. Algumas vezes dá até pra conseguir uma bolsa de estudos. O ideal é você entrar no site das Universidades e procurar os programas dentro da sua área. Achou um programa interessante? Entre em contato com possíveis orientadores. Mande seu currículo e uma carta de intenção. É muito mais fácil você conseguir uma vaga no programa se já tiver um orientador. Normalmente os programas começam em setembro. As inscrições costumam acontecer a partir de novembro-dezembro e vão até janeiro-fevereiro. Se você pensa nessa estratégia, dificilmente você conseguirá um programa com inscrições abertas pra esse ano. Mas se você não tem pressa, pode ser uma boa opção pra você ir no próximo ano.

– Research Fellow –> Pra quem gosta de pesquisa, pode ser uma ótima opção também. Você pode começar na área de pesquisa, ir fazendo seu network e quem sabe emendar um clinical fellow… tudo depende do seu objetivo. Novamente o ideal é você já entrar em contato com um possível orientador e ir desenhando com ele um projeto. Assim será muito mais provável você ser aceito.

Para essas opções listadas acima você irá precisar de um visto de estudante. Se você é casado, seu cônjuge pode tentar aplicar para um work permit. Assim um dos dois estuda e o outro trabalha. Após o período de estudos você pode aplicar para um postgraduate work permit (PGWP). Assim você vai somando mais pontos pro express entry. Uma vez com o PR na mão você pode tentar refazer a residência por lá…

É isso. Espero que tenha ajudado!

5 comentários em “Informações básicas para quem deseja atuar como médico no Canadá

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: